O Evento

Fundado em 2016, Centro Acadêmico José Alberto Alvarenga (CAJAA) é a entidade representativa dos estudantes da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde – Campus Aparecida. É presidido pela estudante Isabella Siriano de Castro e conta com uma equipe de 30 alunos para garantir os direitos dos estudantes na instituição e buscar atender aos interesses e às necessidades internas da faculdade.

O CAJAA está na sua 6° gestão, e ao longo dos anos, além de lutar por melhorias pedagógicas e institucionais, promovemos ações sociais, cerimônias de recepção dos calouros, palestras oferecidas pela Direção Executiva Nacional dos Estudantes de Medicina (DENEM), cursos complementares (oftalmologia, eletrocardiograma, antibioticoterapia e radiologia), organiza o Congresso Científico de Ligas Acadêmicas (CCLAM), Jornada de Saúde Mental e Campanha de Prevenção ao Suicídio e o maior evento científico da instituição Congresso Regional dos Acadêmicos de Medicina (CORAM). 

Para darmos continuidade ao que vem se consolidando ao longo dos anos, em 2022 realizaremos a 4° edição do CORAM. Criado em 2018, o objetivo do evento é promover discussões científicas através de palestras, oferecer minicursos práticos e receber trabalhos acadêmicos de estudantes de medicina das mais diversas instituições de ensino médico.

O IV Congresso Regional dos Acadêmicos de Medicina (CORAM), da Faculdade de Medicina UniRV – Campus Aparecida de Goiânia, pretende ser um evento amplo e de qualidade, estamos construindo um congresso para ensinar e aprender com intercâmbio de conhecimentos entre congressistas e os palestrantes. A Medicina é uma ciência em constante evolução, congressos e encontros organizados por estudantes são fundamentais para o intercâmbio de conhecimento e experiências e para o crescimento dos acadêmicos nos aspectos técnico-científicos e pessoais.

O tema escolhido desse ano é “Medicina Baseada em Evidências: o elo entre a ciência e a prática clínica”. A escolha desse tema mescla com a realidade pós-pandemia que envolve o questionamento da sociedade acerca de tratamentos e condutas médicas, que pela urgência do momento em serem tomadas rapidamente, foram contestadas. O objetivo do tema é oportunizar a discussão de que a ciência da medicina não é uma matemática com fórmulas prontas, como diria o médico Francismar Preste Leal, o bom médico baseia-se em evidências e nas suas vivências ao longo dos anos na prática médica. Além disso, também focaremos na divulgação das novidades técnicos-científicas de áreas que são pouco abordados durante a graduação do curso de medicina e o contato dos congressistas com as práticas clinicas mais comuns. Espera-se com o evento, proporcionar o diálogo e compartilhamento de saberes entre profissionais de saúde e os acadêmicos.